Archive

Posts Tagged ‘projeto’

Webinar: Lançamento do CivilFEM 2020

8 de maio de 2020 Leave a comment

Data: 13/05/2020
Horário: 12:00hs (horário de Brasília)
Duração: 45 minutos
Custo: gratuito

Registre-se aqui para o webinar

Participe deste webinar sobre o CivilFEM 2020 e aprenda sobre os principais aprimoramentos com a ajuda de exemplos práticos.

Melhorias do CivilFEM 2020:

Ferramentas gerais:

  • Habilidade para mostrar e editar as propriedades comuns quando a seleção de vários objetos é realizada
  • Os vetores podem ser definidos clicando no modelo usando a grade, dois pontos geométricos, dois nós ou uma curva

Pré-processamento:

  • Biblioteca de aços segundo norma indiana
  • Capacidade de selecionar uma ou várias subgeometrias para explodir em vez de explodir uma por uma
  • Habilidade para criar nós de usuário. Estes nós de usuário podem ser usados ​​para criar textos, aplicar forças nodais, massas…

Processo de solução:

  • Amortecimento em molas rotacionais
  • Resultado de temperatura na integração
  • Tempo de ativação/desativação de contatos

Pós-processamento:

  • Resultados de escala interativos
  • Paralelização durante o processo de verificação/projeto
  • Etiquetas com valor de resultados em um ponto e etiquetas para identificar o resultado máximo e mínimo no modelo
  • Novos tipos de organização de resultados

Fonte: CivilFEM

Por Equipe N.A Tecnologia

MARCAS: Todos os produtos aqui mencionados são usados somente para fins de identificação, são marcas comerciais e/ou marcas de serviço dos seus respectivos proprietários.

Estudo de Caso: Estação de tratamento de água resolve problema de inatividade e economiza até US$ 600 mil com o AFT Arrow™

6 de maio de 2020 Leave a comment
Figura 1: O sistema de aeração original que incluía três instalações de sopradores, com um total de 11 sopradores que fornecem ar para 28 tanques de aeração em torno da planta. As linhas amarelas no mapa mostram o coletor de ar conectando todas as instalações de tubulação e soprador de ar.

Maren Deal, com Brown and Caldwell, foi contratada para realizar o projeto de melhorias de processo e confiabilidade em uma estação de tratamento de água. Essa estação opera com capacidade de 240 mil m³/dia de águas residuais. O AFT Arrow foi usado extensivamente para o projeto e o planejamento das atualizações para o sistema de aeração da estação, bem como para a otimização da operação existente.

Sendo a maior estação de tratamento de águas residuais de sua área, esta planta é o ponto principal de todo o sistema de tratamento, fornecendo backup para outras estações vizinhas em casos de fluxos pesados, ou emergências. Devido à sua essencial natureza, a estação teve que permanecer em operação durante o projeto de atualização. Tanques de aeração foram colocados offline em grupos separados para manter a planta operacional, demolindo o equipamento de tubulação de ar existente para ser substituído pelo novo projeto.

“A capacidade de modelar todo o sistema de aeração uma vez e usá-lo para responder diversas perguntas sobre dimensionamento, seleção de equipamentos e sequenciamento de construção foi crítico em permitir que o cliente tome decisões assertivas visando a vida útil da estação.”

À medida que o processo de construção progredia, modelos do AFT Arrow foram usados ​​para determinar em que ordem e quantidade que os tanques de aeração deveriam ser colocados off-line e substituídos. As substituições dos sopradores também foram consideradas para atender à demanda de ar dos novos tanques de aeração enquanto são construídos.

Os tanques de aeração fazem parte de um processo secundário de remoção de nutrientes biológicos que utiliza naturalmente microorganismos para biodegradar a matéria orgânica nas águas residuais. É fornecido ar a esses tanques para fornecer oxigênio para os microrganismos para acelerar a decomposição dos materiais orgânicos e impedir a formação de substâncias indesejadas e subprodutos. Portanto, é importante que haja um constante fornecimento adequado de ar e que seja distribuído aos tanques adequadamente.

Este projeto incluiu a substituição de todos os 11 sopradores, tubulação e instrumentação de aeração em todos os 28 tanques. A Figura 1 mostra o sistema de aeração existente. Este projeto também substituiu equipamentos antigos para criar um sistema eficiente para melhor controle e distribuição do ar enquanto antecipa potenciais expansões da estação no futuro, conforme necessário.

A demanda de ar necessária nos tanques de aeração é determinada pela quantidade de água residual tratada na estação e a sua composição. A estação então atende a essa demanda determinando uma descarga de pressão nos sopradores que é alta o suficiente para fornecer a quantidade desejada de ar.

Quando esse projeto começou, o sistema existente experimentou problemas e tempo de inatividade devido aos sopradores sofrerem condições de pico ou oscilação em meses de temperatura quente. Em condições como estas, a diferença de pressão necessária é muito alta para o soprador fornecer fluxo, geralmente resultando em reversão de fluxo, forçando o desligamento automático do soprador para evitar danos a longo prazo. Esse problema estava causando o temor que quantidade de ar inadequada estaria disponível para o segundo processo de tratamento. Desde que houve atualizações iminentes para o sistema geral, a solução para essa questão deveria ser rentável e de fácil implementação.

Um modelo no AFT Arrow foi desenvolvido para todo o sistema original de aeração. Este modelo foi utilizado para avaliar as operações existentes do soprador com um ponto de pressão de descarga de aproximadamente 0,55 bar. Usando AFT Arrow, Maren Deal foi capaz de determinar se seria possível diminuir o ponto de ajuste da pressão de descarga dos sopradores a 0,50 bar, reduzindo o risco de condições de pico e oscilação. Os resultados do modelo demonstraram que não apenas você poderia diminuir o ponto de ajuste de pressão, mas isso também aumentaria o fluxo de ar em 48.800 Nm³/h, o que equivaleria a aproximadamente 2,5 sopradores adicionais (Figura 2).

Figura 2: Visualização de Workspace do modelo AFT Arrow. Os resultados do modelo demonstraram que não apenas o ponto de ajuste da pressão do soprador poderia ser reduzido, mas também aumentaria o fluxo de ar em 48.800 Nm³/h, o que equivaleria a aproximadamente 2,5 sopradores adicionais, sem nenhum custo para o cliente.

Embora a diminuição do ponto de ajuste da pressão tenha sido originalmente considerada para implementação em conjunto com uma das oito outras opções, os resultados do modelo provaram que seria mais do que suficiente para fornecer a capacidade adicional necessária e reduzir o risco de condições de oscilação e pico ocorridas em clima quente. Além disso, uma análise de custos das principais opções determinou que a redução do ponto de ajuste de pressão do soprador economizou para a estação entre US$200 mil e US$600 mil em custos de instalação e capital em comparação com as alternativas.

Maren Deal disse que a capacidade de modelar todo o sistema de aeração uma vez e usá-lo para responder diversas perguntas sobre dimensionamento, seleção de equipamentos e sequenciamento de construção, foi crítico em permitir que o cliente tome decisões assertivas visando a vida útil da estação. O AFT Arrow continuará sendo usado para avaliar o sistema com informações variáveis ​​e sob diferentes fluxos e cenários de tratamento. Deal disse que AFT Arrow é um programa muito versátil e ela espera continuar a explorar seus usos no tratamento de águas residuais.

Brown and Caldwell é a maior empresa de engenharia e construção focada exclusivamente nos setores de água e meio ambiente nos EUA. Criativos projetos e soluções progressivas ajudaram as prefeituras municipais, federais e organizações privadas a superarem seus complexos desafios ambientais. Eles oferecem uma gama abrangente de engenharia, ciência, serviços de consultoria e construção.

Fonte: AFT – Applied Flow Technology

Por Equipe N.A Tecnologia

MARCAS: Todos os produtos aqui mencionados são usados somente para fins de identificação, são marcas comerciais e/ou marcas de serviço dos seus respectivos proprietários.

Webinar CAESAR II: Editor de caso de carga estática

2 de março de 2020 Leave a comment

Data: 10/03/2020
Horário: 12:00rs (horário de Brasília)
Duração: 1 hora
Custo: gratuito

Registre-se aqui para o webinar

Participe do webinar no próximo dia 10 de março e adquira noções básicas do editor de casos de cargas estáticas do CAESAR II. Saiba como importar e exportar casos de carga usando o Excel, conheça a teoria por trás da construção do caso de carga, casos de carga necessários para diferentes condições e normas de tubulação e esclareça dúvidas com especialistas ao vivo. Nesse webinar, também será abordado casos especiais de carga para projeto de suportes, fluência, fadiga, condições ocasionais, casos alternados sustentados e opções de modelos de caso de carga.

Apresentador:
Richard Ay (Vice-presidente de soluções de análise da PE – Hexagon PPM)

Fonte: Blog – Hexagon PPM

Por Equipe N.A Tecnologia

MARCAS: Todos os produtos aqui mencionados são usados somente para fins de identificação, são marcas comerciais e/ou marcas de serviço dos seus respectivos proprietários.

Webinar PV Elite: O que há de novo no PV Elite 2020

29 de novembro de 2019 Leave a comment

Data: 03/12/2019
Horário: 13:00hs (horário de Brasília)
Duração: 1 hora
Custo: gratuito

Registre-se aqui para o Webinar

O PV Elite 2020 é a versão mais recente da solução completa da Hexagon para projeto, análise e avaliação de vasos de pressão e trocadores de calor usados ​​por engenheiros, designers, fabricantes e inspetores.

Participe deste webinar e explore os novos recursos incluídos nesta atualização, incluindo:

• Tabela da lista de materiais adicionada (fácil e conveniente)

• ASME Seção VIII, Divisão 1 e 2, e Seção II, Parte D, Atualizações de Código de Material. Estas são novas alterações de códigos que são obrigatórias para novas construções em 1º de janeiro de 2020.

• PV Elite 2020 incorporou o novo sistema de licenciamento ISL da Hexagon PPM

• PD: 5500 atualização de código 2019

• Edição de 2012 do Código Chinês de Vento 2012 adicionada

• Interface atualizada com o software Dimensional Solutions

Os novos recursos listados acima economizam tempo de nossos usuários, simplificando e reduzindo ou eliminando etapas adicionais que eles normalmente precisam executar durante a produção de um design para um cliente. Agora, eles não precisam reunir relatórios em um documento final.

Muitos outros novos recursos ajudam a otimizar o processo de design, incluindo novos recursos e opções para projetos de trocadores de calor.

Com o PV Elite 2020, temos o prazer de oferecer aos nossos usuários maior confiança em seus cálculos de códigos de segurança.

Apresentador:
Scott Mayeux (Executive Technical Director, Hexagon PPM)

Fonte: Insider Blog – CADWorx & Analysis Solutions

Por Equipe N.A Tecnologia

MARCAS: Todos os produtos aqui mencionados são usados somente para fins de identificação, são marcas comerciais e/ou marcas de serviço dos seus respectivos proprietários.

Webinar: CADWorx Structure – fluxos de trabalho de detalhamento de conexão com Parabuild

29 de janeiro de 2018 Leave a comment

Data: 01/02/2018
Horário: 16:00hs (horário de Brasília)
Duração 1 hr
Custo: gratuito
Registre-se aqui para o Webinar 

CADWX 7

Esta sessão abordará como um projetista pode utilizar as funções de exportação e importação CIS/2 no CADWorx Structure para mover de forma eficiente o modelo de projeto para um pacote de detalhamento estrutural, como o Parabuild para projeto de conexões. O padrão de integração CIMsteel (CIS/2) é usado para suportar a importação/exportação de dados bidirecionais do CADWorx Structure para objetos estruturais. Ao reutilizar o modelo de projeto estrutural no pacote de software separado, os projetos economizarão muitas horas de modelagem e aumentarão a precisão, reduzindo o número de erros introduzidos pela reprodução manual da estrutura. Através do ciclo de vida do projeto, as atualizações podem continuar sendo feitas através da interface CIS/2 para manter o projeto e os modelos detalhados atualizados.

Tópicos e demonstrações incluem:

• Considerações de fluxo de trabalho: projeto estrutural no CADWorx Structure, exportação para Parabuild para detalhamento estrutural
• Vantagens da transferência CIS / 2 em oposição à remodelação ou referência
• Dicas para o mapeamento de importação / exportação
• Introdução ao detalhamento em Parabuild Steel
• Caminho de volta do modelo de estrutura, incluindo modificações e adições

Apresentado por:  Aimee Ferguson, CADWorx & Analysis Solutions / Rudy Joris Jef Joris, Parabuild.

Fonte: Insider Blog – CADWorx & Analysis Solutions

Por Equipe N.A Tecnologia

MARCAS: Todos os produtos aqui mencionados são usados somente para fins de identificação, são marcas comerciais e/ou marcas de serviço dos seus respectivos proprietários

%d blogueiros gostam disto: